segunda-feira, 31 de dezembro de 2012


Faça uma limonada

Imagine que você se encontre tão desanimado que não tenha mais esperança de transformar seus limões em limonadas. Nesse caso, ainda há duas razões pelas quais você deve, pelo menos, tentar…

A primeira: pode ser que você tenha êxito.

A segunda: mesmo que não tenha êxito, a simples tentativa de transformar o seu mínimo em máximo fará com que você olhe para frente, em vez de olhar para trás. Fará com que você substitua seus pensamentos negativos por pensamentos positivos. Despertará as suas energias criadoras, fazendo com que você fique ocupado, que não tenha tempo nem vontade de lamentar o que já ficou para trás, o que já passou para sempre.

Certa ocasião, um violinista de fama mundial estava se apresentando num concerto em Paris, quando uma das cordas de seu violino subitamente se partiu. Ele não se perturbou e terminou a melodia com apenas três cordas.

Assim é a vida: se uma corda se parte, continue apenas com as três restantes… Lembre-se sempre: a coisa mais importante da vida não é capitalizar sobre os nossos ganhos. Qualquer idiota pode fazer isso. O que é realmente importante é tirar proveito das nossas perdas. Isso requer inteligência e constitui a diferença entre um homem sensato e um tolo.

Ninguém pode construir em teu lugar as pontes que
precisarás passar para atravessar o rio da vida.
Ninguém, exceto tu, só tu podes fazê-lo.
( Dale Carnegie )    
    http://pensador.uol.com.br/autor/dale_carnegie/

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012